SOBRE

1936

Faculdade de Medicina

 Universidade Federal do Rio de Janeiro

Praia Vermelha

foto antiga .png
A Sociedade

Em 1936 sob a liderança do Professor Barbosa Vianna, 19 professores se reuniram na então Escola de Medicina da Universidade do Brasil, no Rio de Janeiro com o objetivo de promover encontros entre estudantes e pesquisadores para discutir Biofísica através de cursos, conferencias e congressos. Estava criada a Sociedade Brasileira de Biofísica.

Após um período de recesso, a Sociedade foi reativada em 1963 pelo professor Carlos Chagas Filho e um grupo de colaboradores do Instituto de Biofísica, no antigo prédio da Faculdade Nacional de Medicina, da UFRJ, na Praia Vermelha. Com a partida do professor Chagas, em 1965, para a França, ocupando o posto de Embaixador do Brasil junto à UNESCO, a Sociedade ficou inativa. Em 1975, um grupo de professores e alunos de Pós-Graduação do Instituto de Biofísica que fora transferido para o CCS na Cidade Universitária-Ilha do Fundão, decidiu reativar a sociedade com a sigla SBBf. O grupo contou com a anuência do professor Chagas que, de volta à UFRJ, como Decano do CCS, foi eleito presidente da SBBf, por aclamação, para o Biênio 1976-1977, sendo Secretária Geral Aída Hassón-Voloch.

 

Decidiu-se então que as Diretorias seriam eleitas para um biênio e a direção da sociedade compreenderia um Conselho Fiscal e um Conselho Consultivo, todos eleitos conjuntamente. A SBBf conta com três tipos de associados: sócios eméritos, efetivos e aspirantes.

A 1° reunião da Sociedade foi realizada em dezembro de 1976, no CCS da UFRJ e o livro de resumos dos trabalhos apresentados foi editado pela Academia Brasileira de Ciências. A partir de então, a SBBf passou a se reunir anualmente, tendo sua direção se transferido, com as diretorias eleitas, para Belo Horizonte (MG), Porto Alegre (RS), São Paulo (SP), Aracaju (SE), Rio de Janeiro (RJ), Ribeirão Preto(SP) e novamente Rio de Janeiro (RJ) e, presentemente, Belo Horizonte (MG).

Em 1977, a SBBf filiou-se à International Union of Pure and Applied Biophysics (IUPAB) por intermédio de Richard Keynes, seu Secretário geral. Os Congressos Internacionais são realizados cada quatro anos e os sócios da SBBf têm participado ativamente. Com a organização da Federação das Sociedades de Biologia Experimental (FeSBE), em 1986, a Diretoria da SBBf , então presidida por Eduardo Penna Franca, decidiu que os Congressos da Sociedade Brasileira de Biofísica, a partir de 1987, seriam organizados conjuntamente com os da FESBE, o que vem acontecendo, com sucesso, até a presente data.

Missão
Visão
Valores

A Sociedade Brasileira de Biofísica (SBBf) tem como missão congregar todos os pesquisadores interessados em criar, desenvolver e incrementar atividades de pesquisa e ensino nos campos da Biofísica e Ciências afins, em cursos de graduação e pós-graduação, associando o estudo e a discussão de temas concernentes à
Biofísica.

Nossa Sociedade dedica-se à inserção e ampliação da atuação da Biofísica em diversas áreas do conhecimento, relacionado às ciências básica e aplicada, por meio
do incentivo às atividades de pesquisa, formação de recursos humanos e divulgação do conhecimento na área de Biofísica.

Ampliação e difusão do conhecimento na área de Biofísica

• Inserção das pesquisas em Biofísica e áreas correlatas nos cenários nacional e internacional

• Estímulo à formação de recursos humanos qualificados na área de Biofísica e ciências afins

Diretoria gestão 2022-2026
 
Presidente
Atualizações da Página.pdf - Adobe Acrobat Pro DC.jpg
Rosangela Itri   
Lattes
Vice - Presidente
foto 04.jpg
Celso Caruso
 Lattes
Secretário Geral
foto 01.jpg
Daniele ribeiro de Araujo  Lattes
Tesoureiro
foto 03.jpg
Leandro Barbosa 
 Lattes
Diretor Científico
foto 02.jpg

Adriana Fontes Barbosa 
Lattes

Deseja saber mais? Entre em contato.

Estamos aqui para ajudá-lo. Entre em contato por telefone, email ou redes sociais.

LOGO WHATS PNG.png