Histórico

Em 1936 sob a liderança do Professor Barbosa Vianna, 19 professores se reuniram na então Escola de Medicina da Universidade do Brasil, no Rio de Janeiro com o objetivo de promover encontros entre estudantes e pesquisadores para discutir Biofísica através de cursos, conferencias e congressos. Estava criada a Sociedade Brasileira de Biofísica.

Após um período de recesso, a Sociedade foi reativada em 1963 pelo professor Carlos Chagas Filho e um grupo de colaboradores do Instituto de Biofísica, no antigo prédio da Faculdade Nacional de Medicina, da UFRJ, na Praia Vermelha. Com a partida do professor Chagas, em 1965, para a França, ocupando o posto de Embaixador do Brasil junto à UNESCO, a Sociedade ficou inativa. Em 1975, um grupo de professores e alunos de Pós-Graduação do Instituto de Biofísica que fora transferido para o CCS na Cidade Universitária-Ilha do Fundão, decidiu reativar a sociedade com a sigla SBBf. O grupo contou com a anuência do professor Chagas que, de volta à UFRJ, como Decano do CCS, foi eleito presidente da SBBf, por aclamação, para o Biênio 1976-1977, sendo Secretária Geral Aída Hassón-Voloch. Decidiu-se então que as Diretorias seriam eleitas para um biênio e a direção da sociedade compreenderia um Conselho Fiscal e um Conselho Consultivo, todos eleitos conjuntamente. A SBBf conta com três tipos de associados: sócios eméritos, efetivos e aspirantes.

A 1° reunião da Sociedade foi realizada em dezembro de 1976, no CCS da UFRJ e o livro de resumos dos trabalhos apresentados foi editado pela Academia Brasileira de Ciências. A partir de então, a SBBf passou a se reunir anualmente, tendo sua direção se transferido, com as diretorias eleitas, para Belo Horizonte (MG), Porto Alegre (RS), São Paulo (SP), Aracaju (SE), Rio de Janeiro (RJ), Ribeirão Preto(SP) e novamente Rio de Janeiro (RJ) e, presentemente, Belo Horizonte (MG).

Em 1977, a SBBf filiou-se à International Union of Pure and Applied Biophysics (IUPAB) por intermédio de Richard Keynes, seu Secretário geral. Os Congressos Internacionais são realizados cada quatro anos e os sócios da SBBf têm participado ativamente. Com a organização da Federação das Sociedades de Biologia Experimental (FeSBE), em 1986, a Diretoria da SBBf , então presidida por Eduardo Penna Franca, decidiu que os Congressos da Sociedade Brasileira de Biofísica, a partir de 1987, seriam organizados conjuntamente com os da FESBE, o que vem acontecendo, com sucesso, até a presente data.